Buscar
  • Rogério Duarte

TODO AQUELE QUE SE HUMILHA SERÁ EXALTADO 

"Dois homens subiram ao templo para orar; um era fariseu e o outro, publicano. O fariseu, em pé, orava no íntimo: ‘Deus, eu te agradeço porque não sou como os outros homens: ladrões, corruptos, adúlteros; nem mesmo como este publicano. Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho’. “Mas o publicano ficou a distância. Ele nem ousava olhar para o céu, mas batendo no peito, dizia: ‘Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador’. “Eu digo que este homem, e não o outro, foi para casa justificado diante de Deus. Pois quem se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado”. (Lucas 18:10‭-‬14)

Não é errado jejuar nem devolver o dízimo. Errado é você fazer isso para querer alcançar o favor de Deus. Porque quando andamos apoiados naquilo que podemos fazer, estamos rejeitando aquilo que Deus já fez por nós para nos dá acesso a Ele. Esse fariseu se justificava perante Deus apresentando as suas "boas obras" já o publicano se quer tinha a coragem de olhar para o templo, pois sabia que as suas obras não glorificavam a Deus. Mas o Senhor Jesus disse que Ele é quem voltou justificado. Ou seja, a graça de Deus o alcançou, porque graça é um favor para aqueles que reconhecem que não merece.

Existe uma grande diferença entre você ser humilhado e você se humilhar. Por isso rejeite toda justiça própria e se humilhe perante o Senhor. Reconheça que precisa da sua graça e alcance o seu favor. Não ande apoiado naquilo que você acha que pode fazer. Decida viver pelo favor de Deus e disfrute da vida abundante que Cristo veio te dar. Você não merecia mais a graça de Deus te alcançou e hoje você é filho de Deus por meio de Cristo Jesus. Portanto permaneça andando pela fé naquilo que Cristo já conquistou por você. Pois não se trata do que você pode fazer, se trata daquilo que Ele já fez por você. Lembre-se que todo aquele que se humilha será exaltado.

Que Deus abençoe a sua vida, a sua família em nome do Senhor Jesus Cristo.

81 visualizações

©2019 by Rogério Duarte.