Buscar
  • Rogério Duarte

NÃO PERMITA QUE A MULTIDÃO TE IMPEÇA DE VER JESUS.

Havia ali um homem rico chamado Zaqueu, chefe dos publicanos. Ele queria ver quem era Jesus, mas, sendo de pequena estatura, não o conseguia, por causa da multidão. Assim, correu adiante e subiu numa figueira brava para vê-lo, pois Jesus ia passar por ali. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e lhe disse: “Zaqueu, desça depressa. Quero ficar em sua casa hoje”. Então ele desceu rapidamente e o recebeu com alegria. Todo o povo viu isso e começou a se queixar: “Ele se hospedou na casa de um pecador”. Mas Zaqueu levantou-se e disse ao Senhor: “Olha, Senhor! Estou dando a metade dos meus bens aos pobres; e se de alguém extorqui alguma coisa, devolverei quatro vezes mais”. Jesus lhe disse: “Hoje houve salvação nesta casa! Porque este homem também é filho de Abraão. Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido”.

(Lucas 19:2‭-‬10)

O que impedia zaquel de ver Jesus não era a sua falta de fé, a sua falta de coragem nem muito menos a sua estatura, o que impedia zaquel de ver Jesus era a multidão. Ou seja, existe uma multidão que não quer que você conheça a verdade, pois a verdade tem o poder de te libertar e te fazer verdadeiramente livre. Por isso eles pregam visões e ilusões de suas mentes, mas não pregam a obra consumada de Cristo Jesus.

Nós precisamos olhar para o alvo que é Cristo e fazer como Zaquel fez. Ele passou pela multidão, ele superou os seus limites e foi em busca daquele que podia salva-lo. Assim como Jesus não perguntou para Zaquel o que ele havia feito e o Salvou, assim também Ele faz comigo e com você. Porque o pecado já não é mais um problema. Deus se preocupa mais com a sua distância do que com o seu comportamento. Zaquel alcançou a salvação porque creu em Cristo Jesus e assim é também na vida de todo aquele que nele crer. Por isso não permita que as multidões dos falsos ensinos te distancie da verdade que é Cristo Jesus.

Que Deus abençoe a sua vida, a sua família em nome do Senhor Jesus Cristo.

86 visualizações

©2019 by Rogério Duarte.