Buscar
  • Rogério Duarte

CUIDADO COM O FERMENTO DA HIPOCRISIA

Atualizado: Mar 6

Nesse meio tempo, tendo-se juntado uma multidão de milhares de pessoas, ao ponto de atropelarem umas às outras, Jesus começou a falar primeiramente aos seus discípulos, dizendo: “Tenham cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. (Lucas 12:1)

Jesus falou para toda a multidão que estava ali para ouvi-lo, mas a Palavra diz que primeiramente Ele se dirigiu aos seus discípulos e sabe porque Ele fez isso? Porque o cristão é mais apontado, mas perseguido, mais caluniado e por isso precisa ser mais instruído para ser luz em um mundo de trevas. Porque se nós fazermos o certo e andarmos segundo a Palavra do nosso Senhor automaticamente iremos silenciar aqueles que falam da nossa vida. Nós fomos chamados para andar como filhos da luz em um mundo de trevas.

O Senhor Jesus comparou a hipocrisia com o fermento. Porque assim como um pouco de fermento leveda toda a massa, assim também um pouco de hipocrisia contamina o nosso coração. O hipócrita não busca o Senhor pelo que Ele é, mas por aquilo que Ele pode fazer. Eles dizem que amam a Deus e que servem a Deus, mas a verdade é que eles odeiam os seus irmãos e não servem a Deus. Jesus nos alertou para não sermos envolvidos por esse tipo de comportamento, ou como Ele mesmo citou, fermento.

A estratégia do inimigo não muda. Ele quer nos contaminar com o seu fermento e nos fazer achar que vivendo de aparências é o suficiente. Por isso tome muito cuidado para não ser contaminado por um ensino falso que apresenta Jesus como um curandeiro e não como o Senhor e Salvador das nossas vidas. Rejeite todo ensino que não trás Jesus como o centro. Pois todo ensino que vai além do filho, também não tem o Pai. Lembre-se que Jesus já pagou a sua dívida e que hoje você é justo perante Deus por causa dele e não daquilo que você acha que pode fazer.

Cuidado com o fermento da hipocrisia.

Que Deus abençoe a sua vida, a sua casa e toda a sua família em nome do Senhor Jesus Cristo.

83 visualizações

©2019 by Rogério Duarte.